Renata Ferraz Torres estreia em voo solo

Primeiro título individual da autora, A luz do romper da aurora tem lançamento marcado para o fim de maio

Renata Ferraz Torres, em foto de Inaê Coutinho, de 20/2/2022.

Coautora de A vida começava lá, biografia de Fernando Barba, fundador do conjunto musical Barbatuques e irmão da autora, a cadeirante, médica psiquiatra e analista junguiana Renata Ferraz Torres lança seu primeiro livro individual, A luz do romper da aurora, na Livraria da Vila (Rua Fradique Coutinho, 915, Vila Madalena, São Paulo), no dia 29 de maio próximo.


No livro, Renata conta como foi difícil superar o receio de expor-se em demasia, para dar voz a uma minoria que, apesar de compor parcela significativa da população, costuma ser ignorada e excluída por barreiras de todo tipo: físicas, arquitetônicas, comportamentais, tais como o capacitismo, o preconceito contra pessoas que têm dificuldade em se locomover, enxergar, ouvir, falar etc.


Depois de elaborar sua relação com a paraplegia espástica familiar, doença genética e progressiva com a qual convive desde os oito anos de idade, Renata compartilha suas vivências e nos mostra que é, sim, possível superar nossos conflitos internos e extrair desse processo uma força renovadora que nos impulsiona adiante.


Com o intuito de combater a ignorância – "mãe de todo preconceito" – Renata aborda questões controversas, como a neutralidade do analista, a falta de empatia na área de saúde e a falta de representatividade das minorias no Brasil. Esses e outros assuntos, que costumam mobilizar posições antagônicas, polarizadas, são tratados de forma serena e muito humana pela autora, que acredita que as pessoas com deficiência têm muito a contribuir para a transformação da realidade que nos cerca.



A luz do romper da aurora é ilustrado por Cynthia Cruttenden, que, com desenhos gráficos e delicados, faz eco ao texto de Renata. O resultado é um livro leve e inspirador que, como a aurora, aponta para um novo despertar, mais humano e inclusivo.



SOBRE AS AUTORAS

Renata Ferraz Torres nasceu em São Paulo, em 1973. Em 1998, formou-se médica pela Faculdade de Medicina da USP e, em 2001, Psiquiatra com residência pelo Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da FMUSP. Desde 2006, é membro analista da Sociedade Brasileira de Psicologia Analítica e filiada à International Association for Analytical Psychology. Desde 2011, integra a Comissão de Ensino da SBPA.

Cynthia Cruttenden, paulistana, nasceu em 1970 e formou-se em Artes Plásticas pela Escola de Comunicações e Artes da USP, em 1996. Publicou Sob o sol, sob a lua, em 2002 (livro reeditado em 2007), e Noite do sertão, em 2009, ambos pela Cosac Naify. Trabalha no departamento artístico da Editora 34 desde 1997.

27 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo